PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Categorias

Mulheres Ageless: Envelhecer me libertou muito, diz Carolina Ferraz aos 52

Universa

29/05/2020 04h00

Nicole Gomes/Divulgação

Em janeiro deste ano, ao completar 52 anos, Carolina Ferraz causou alvoroço na mídia e nas redes sociais ao postar um ensaio nu (superelegante e belíssimo, aliás). Num papo que tivemos esta semana ela me contou que o ato foi muito bem pensado, quase uma ação de militância. "Fiz de propósito. Fui muitas vezes convidada para fazer ensaios assim a vida toda, inclusive por altos cachês, mas nunca topei, não era a minha praia. Mas agora vi que seria uma maneira de me posicionar, de dizer: 'É isso mesmo, estou envelhecendo, estou feliz, estou com a autoestima alta. Foi uma libertação'. Não foi fácil, eu tenho minhas inseguranças, mas foi do jeito que eu quis, com pessoas que eu escolhi, do meu jeito."

Como falo sempre por aqui e no meu perfil no Instagram (@silviaruizmanga), em pleno século 21, infelizmente, nós, mulheres, ainda precisarmos "chutar a porta" de vez em quando para deixar claro que idade não é limite para nada. Muito pelo contrário. E a Carolina para mim é uma dessas mulheres ageless que desafiam essas amarras que insistem em colocar na gente. Além de ser linda linda, inteligente, de falar o que pensa.

"Envelhecer me libertou muito, me deu um senso de direção. Eu ganhei muita autonomia. Antigamente eu trabalhava pelos meus sonhos com uma certa reserva. Hoje estou disposta a explorar coisas novas. Eu tenho uma plataforma para me comunicar diretamente com as pessoas, tanta coisa mudou", diz a atriz e apresentadora goiana, há pouco mais de dois anos longe da TV (ela trabalhou durante 27 anos na Globo e atuou em quase 30 produções, entre séries e novelas e ainda apresentou o Fantástico e o Você Decide).

Aos 51 anos, se reinventou na internet e criou uma poderosa plataforma de conteúdo nas redes sociais, onde publica diariamente para seus quase 2 milhões de seguidores no Instagram e há sete meses em um canal no Youtube, atualizado com vídeos duas vezes na semana sobre receitas, dicas de beleza, viagens, entrevistas com artistas e até reportagens. "Sou minha própria chefe, faço o que gosto, isso é maravilhoso."

Teve algum sofrimento durante esse processo de se sentir bem na própria pele? "Eu nunca menti a idade, nunca fiz de conta que tenho 25 anos. Sempre me preparei, lutei muito para chegar onde estou, esse bem-estar foi conquistado", diz ela, inclusive com muita terapia. "Faço a vida toda, foi fundamental."

Nicole Gomes/Divulgação

Beleza e cuidados com a saúde

Se as fotos nuas da Carolina revelam um corpo lindo, o fato é que ela foi bem privilegiada pela natureza, pois não é do tipo obcecada por dietas e afins. "Eu gosto de comer bem, café da manhã, almoço e jantar. E como bem, comida saudável, mas nunca fui de fazer dieta. Por outro lado como muito em casa, não sou de ficar comendo na rua. Além disso, acordo muito cedo, durmo cedo e janto no máximo sete, oito da noite."

Ela também não tem neuras de "musa fitness",  nada de se acabar na academia (essa parte me deu inveja). "Minha filha vai me matar por dizer isso, mas durante a quarentena, a única coisa que tenho mantido é o alongamento." Ela se refere à filha mais velha, Valetina, de 24 anos. Carolina também teve uma experiência de maternidade tardia, aos 47 anos, quando nasceu Izabel, hoje com 4 anos.

Ela conta que não sentiu ainda os efeitos da menopausa e atribui à gravidez recente essa questão hormonal. "Eu acho que dar à luz acabou adiando um processo que para a maioria das mulheres acontece mais cedo, mas devo entrar em breve. Estou pronta para mais essa etapa."

Carolina também não se incomoda com as marcas do tempo no rosto. "Não tenho botox nem preenchimento, já fiz no passado e não gostei. Não tenho nada contra, posso até usar um dia, mas hoje não quero. E não adianta lutar contra tudo que a idade traz, a gente não vai ganhar! A gente vive em um país onde os homens terem marcas de expressão, cabelos brancos, é considerado sexy. As mulheres são cobradas do oposto. Isso tem que mudar, já mudou em outros países. Basta vez que mulheres como Julia Roberts, Nicole Kidman e Juliane Moore estão nas capas de revistas e em campanhas das grandes marcas de beleza, todas com mais de 50 anos. A gente pode ser bonita em qualquer idade. Vamos ser velhinhas lindas!"

Gratidão e energia vital

"Eu sou uma pessoa solar, procuro sorrir sempre, acho que isso influencia muito em como a gente se sente. Na quarentena, por exemplo, comecei a costurar máscaras para doação. Me faz um bem enorme, sou tão agradecida pela minha vida, meu poder de criação e de saber me adaptar. Acho que a gente olhar para o outro de maneira mais generosa e para a gente mesma faz toda a diferença."

 A vida em família e estar cercada de amigos, segundo ela, também faz parte dessa sensação de viver o tempo de hoje. "Tenho muitos amigos, de todas as idades, sempre recebo gente em casa, acho que a gente tem que celebrar a vida sempre. Nessa quarentena isso ficou ainda mais claro."

Sobre Autora

Silvia Ruiz é jornalista e trabalha com comunicação digital e PR. Durante mais de 15 anos atuou na cobertura de saúde, bem-estar e estilo de vida. É apaixonada por alimentação natural, meditação e práticas holísticas. Mãe do Tom, do Gabriel e da Myra, tem bem mais de 40 anos e está tentando aprender a viver bem na própria pele em qualquer idade.

Sobre o blog

O que é envelhecer hoje? Este é um espaço com informações para a geração que tem mais de 40 e não abre mão de viver uma vida plena e, principalmente, saudável, independentemente da idade. Aqui não falamos em “anti-aging”, e, sim, em “healthy aging”. Dicas de alimentação, beleza, atividade física, carreira e estilo de vida para quem busca ser “ageless”.

Blog Ageless