Topo
Ageless

Ageless

Categorias

Histórico

Autocuidado: siga a tendência que coloca você no comando do seu bem-estar

Silvia Ruiz

12/04/2019 04h00

Crédito: iStock

"Você cuida de você mesmo? " Talvez a maioria responda de bate pronto: "sim". Mas será que cuida mesmo? Pare para pensar: de que maneira você cuida de você? Qual foi a última coisa que você fez por você mesmo? Self-care em inglês, ou seja, autocuidado, é a palavra da vez no mundo do wellness (de novo, em português: bem-estar). Para se ter uma ideia, a Apple divulgou no final de 2018 que o tema self-care foi a tendência de apps número um do ano, e a há mais de 14 milhões de posts com a hashtag #selfcare no Instagram atualmente.

O número de pessoas baixando aplicativos para ajuda-las a se autocuidar virou uma enorme onda mundial. Cada vez mais as pessoas estão em busca de assumir as rédeas da própria saúde física, mental e emocional e até mesmo de sua beleza.

Eu falo muito sobre minhas rotinas de autocuidado no Instagram (me siga lá também: @silviaruizmanga), que incluem meditação, alimentação natural e equilibrada, exercícios, uso de óleos essenciais, entre outros, e muita gente me pergunta: "mas como você arruma tempo para você? Não consigo, estou atolada com casa, filhos, trabalho".

Sabe aquela regra do avião de em caso de despressurização colocar a máscara primeiro na gente antes de ajudar os outros? Para mim, autocuidado passa por aí. Eu não vou ter como ajudar meus filhos, trabalhar direito ou mesmo me relacionar com quem eu amo se não cuidar primeiro de mim. Não estou falando de um ato egoísta aqui. Estou falando que, se a gente não está bem, nada vai estar! Quando a gente se cuida, se sente mais saudável, melhor e mais feliz. Mas isso demanda um empenho. A tendência é a gente se deixar para trás.

Mas o que é autocuidado na prática?

Autocuidado é qualquer atividade que a gente faz deliberadamente para cuidar de nossa saúde física, mental e emocional. Parece simples, mas é algo que frequentemente a gente deixa de lado. Sabe aquela coisa de dizer: "quando tiver tempo começo a me alimentar melhor"; "Agora não dá para fazer atividade física por que tenho filhos pequenos"; "Estou estressada por causa do trabalho, mas quando ganhar mais dinheiro vou desacelerar"; E por aí vai… E por muitos anos a gente delegava totalmente para profissionais médicos, terapeutas etc. os cuidados com nosso corpo e mente.

Mas aos poucos as pessoas estão tomando consciência que antes de mais nada só a gente mesmo pode se ajudar. E, na verdade, essa deveria ser nossa principal prioridade na vida. Senão não conseguimos cuidar de mais ninguém nem de mais nada direito. Se você tem diabetes, o médico pode receitar um tratamento. Mas as escolhas diárias serão 100% suas. Isso é autocuidado em saúde, por exemplo.

"Hoje na medicina preventiva a gente fala em tornar o paciente consciente e mais participativo na gestão de sua saúde. Ele deve ser um personagem atuante e responsável por si mesmo. ", diz Vânia Assaly, endocrinologista, nutróloga e especialista em medicina do estilo de vida.

Essa questão do sucesso dos apps da Apple passa por aí. São aplicativos que ajudam as pessoas a se cuidar. A manter controle do que comem, lembrar de beber água, praticar meditação, yoga. Até mesmo controlar o tempo que passam no celular ou nas redes sociais. Tudo que possa nos ajudar a atingir um estado de bem-estar amplo e holístico.

Em poucas palavras: autocuidado é chave para viver uma vida em equilíbrio.

Quer começar a se cuidar de verdade? Aqui vão algumas dicas de ouro:

Começe aos poucos. Não adianta querer de um dia para o outro colocar um monte de novas rotinas na vida. O progresso é melhor do que a perfeição!

Você precisa de um pouco de organização e planejamento para mudar hábitos e rotinas acumuladas por anos. Pegue uma agenda e vá incluindo novas atividades no seu dia. Desde pausas para beber água ou uma xícara de chá no meio da tarde até meia hora por dia para atividade física.

Faça uma lista de coisas que você precisa mudar para se cuidar melhor com as que quer incluir e as que quer parar (ex. desligar o celular à noite ou durante o jantar com a família)

Invista em uma dieta saudável e cheia de vegetais e frutas e sem industrializados. Básico e simples. Todos sabem que isso é vital, mas nem todos seguem. Preste atenção no que está comendo e coma devagar.

Durma cedo e acorde cedo. O nosso ritmo biológico foi feito para funcionar melhor de dia e dormir à noite. Pare de ficar no celular até tarde ou na Netflix! Seu sono é muito mais valioso do que isso.

Faça exercício. Todo mundo sabe que isso é vital para o corpo. Mas não é só isso. Atividade física aumenta os níveis de serotonina e faz bem para nossa mente e para as emoções.

Faça checkups. Não empurre com a barriga consultas anuais de prevenção com ginecologista, clínico geral, dentista etc. Se já passou dos 40, então, nem preciso dizer!

–  Faça exercícios de respiração e meditação. Pode ser apenas por cinco minutos por dia. Mas faça. A diferença que faz é enorme. Há inúmeros aplicativos que ajudam nisso.

Passe tempo com as pessoas que ama. Não estamos falando da família toda sentada no sofá, cada um olhando para o seu celular! Isso não conta. Combine um tempo por dia, que seja meia hora toda noite para estar em família sem tecnologia por perto.

Faça o possível para controlar a saúde financeira, uma das maiores fontes de estresse. Repensar nossos gastos, procurar equilibrar as contas é também trabalhar pelo bem-estar (sei que essa deve ser a tarefa mais difícil de todas. Pelo menos é para mim!).

– Escolha bem as pessoas à sua volta e nas redes sociais. Não precisamos de pessoas tóxicas, que nos colocam para baixo, não somam. Isso serve para amigos e família. Procure de cercar de pessoas que te façam bem. O mesmo serve para as redes sociais: que tal deixar de seguir quem faz você se sentir mal, ansioso ou que não agrega nada para a sua vida?

Beleza também é autocuidado?

Dedicar tempo para ficar mais bonita e o mesmo tempo se sentir bem também faz parte das rotinas de self-care. Em vez de simplesmente passar um creme no rosto, hoje há uma série de rituais que envolvem um cuidado a mais. "Hoje nós trabalhamos com a ideia de mulheres colocarem uma máscara na pele e fechar os olhos por meia hora como um cuidado só para ela", diz Cláudia Coral, farmacêutica especialista em ativos, vice-presidente da Galena Farmacêutica, que recentemente criou toda uma linha de máscaras com ativos naturais como cúrcuma e carvão ativado para as mulheres fazerem em casa associadas a uma série de vídeos que ensinam práticas de yoga facial. "Essa é uma tendência mundial. A beleza vem associada à qualidade de vida, vai mundo além dos produtos. É sobre se permitir esse momento, é sobre faça você mesmo."

Que tal criar uma rotina nova e testar por 15 dias? A verdade é que autocuidado é como felicidade: é um trabalho interno e que ninguém pode fazer por você! Parece óbvio e natural, mas não é, leva tempo e dedicação. Cuide-se!

Sobre Autora

Silvia Ruiz é jornalista e trabalha com comunicação digital e PR. Durante mais de 15 anos atuou na cobertura de saúde, bem-estar e estilo de vida. É apaixonada por alimentação natural, meditação e práticas holísticas. Mãe do Tom, do Gabriel e da Myra, tem bem mais de 40 anos e está tentando aprender a viver bem na própria pele em qualquer idade.

Sobre o blog

O que é envelhecer hoje? Este é um espaço com informações para a geração que tem mais de 40 e não abre mão de viver uma vida plena e, principalmente, saudável, independentemente da idade. Aqui não falamos em “anti-aging”, e, sim, em “healthy aging”. Dicas de alimentação, beleza, atividade física, carreira e estilo de vida para quem busca ser “ageless”.