menu
Topo
Ageless

Ageless

Categorias

Histórico

Sua vista cansada merece uma injeção de estilo! Encontre os óculos certos

Silvia Ruiz

12/10/2018 04h00

Óculos sim, cara de vovó não! – Crédito: Arquivo Pessoal

"A senhora tem presbiopia."

"Presbi o quê?"

"Vista cansada, senhora. Vai ter que usar óculos."

Quer dizer que não eram os rótulos de alimentos, bulas de remédio e cardápios de restaurante que estavam vindo cada vez com letras menores? Eram meus olhos que estavam cansados? E foi assim, de um dia para o outro, que um oftalmologista selou meu destino de nova usuária de lentes de aumento.

Na verdade, não foi tão de um dia para o outro assim. Essa coisa de não enxergar direito vai acontecendo progressivamente, e a gente vai fingindo que não está rolando. Fica tipo em negação. Vai tentando dar uma enganada em si mesma aumentando as letras no computador, acendendo a lanterninha do celular para escolher o prato no restaurante.

E todos nós vamos chegar nesse momento algum dia, tendo histórico de problemas de vista ou não –não se iluda! Isso porque a presbiopia ocorre devido a processos do envelhecimento das estruturas do olho, principalmente dos músculos que ajudam nosso foco de visão. Por isso, chega uma hora em que não tem mais para onde correr. Quer dizer, tem sim: para a ótica mais próxima.

Crédito: iStock

Mas eu não quero ficar com cara de vovó

Lá fui eu na última semana, com a receita do oftalmologista. Me deparei com uma parede de opções e não sabia nem por onde começar. Mas de uma coisa eu tinha certeza: aqueles óculos na ponta do nariz jamais. Muito menos aquelas correntinhas nas hastes para pendurá-los no pescoço. Meu pescoço é para colares!

Depois de experimentar praticamente todas as opções da ótica, decidi que queria algo moderno, mas discreto e simples. Não sou de muita maquiagem, batons fortes, etc. Esse é meu estilo e não vou fugir dele na hora de escolher o que usar no rosto, certo?

Dá, sim, para usar óculos para ver de perto sem ficar com cara de vovó fazendo tricô. Nada contra, mas não estou nessa fase. Ainda. Agora virei fã deles, já estou até querendo ter um segundo para variar.

Siga as dicas do ótico e visagista André Macedo, especialista da Granvision by Fototica:

Formato do rosto

  • Redondo: para alongar o rosto, as melhores opções são as quadradas e retangulares, mais angulosas. Mas não deixe que sejam muito mais largas do que as laterais do seu rosto. Armações muito pequenas deixam o rosto ainda mais redondo.
  • Oval: O formato considerado mais universal, que funciona com praticamente todos os tipos de armação. Só tenha cuidado com armações grandes demais.
  • Quadrado: armações ovais, redondas e tipo aviador suavizam um rosto anguloso. Evite os quadrados.
  • Formato de coração: escolha armações com o topo levemente mais largas que suas sobrancelhas. Estilo aviador e gatinho funcionam bem.
  • Triangular: armação mais larga na parte de cima, para alongar uma testa estreita e equilibrar mandíbulas largas (estilo aviador ou gatinho são ideais).

"Em todos os casos, o ideal é que a parte superior fique no máximo na altura da sobrancelha. E a pupilas bem centralizadas, posicionadas no centro das lentes", diz o especialista.

Lentes

Para quem não quer usar os óculos pequenos de leitura como eu, a opção é partir para as lentes multifocais nas armações maiores. Assim, quando olhamos para longe não há distorção (a parte mais superior da lente pode ser sem grau ou com correção para longe para quem precisa) e ao olhar para baixo teremos o aumento necessário para ler.

Personalidade: cores e detalhes

Pense nos óculos como um acessório. O que você quer? Chamar atenção com sua armação ou ser discreta? Pense nisso antes de se empolgar com tantas opções. Armações mais espessas são ousadas e chamativas, assim como as mais finas tendem a valorizar mais os olhos do que as feições. Ou seja, se você não quer atrair atenção para seus óculos, vá nas armações fininhas.

O bacana é que hoje podemos, sim, cuidar da infortunada vista cansada com muito estilo. E nunca mais precisar tomar remédio sem ler a bula!

Sobre Autora

Silvia Ruiz é jornalista e trabalha com comunicação digital e PR. Durante mais de 15 anos atuou na cobertura de saúde, bem-estar e estilo de vida. É apaixonada por alimentação natural, meditação e práticas holísticas. Mãe do Tom, do Gabriel e da Myra, tem bem mais de 40 anos e está tentando aprender a viver bem na própria pele em qualquer idade.

Sobre o blog

O que é envelhecer hoje? Este é um espaço com informações para a geração que tem mais de 40 e não abre mão de viver uma vida plena e, principalmente, saudável, independentemente da idade. Aqui não falamos em “anti-aging”, e, sim, em “healthy aging”. Dicas de alimentação, beleza, atividade física, carreira e estilo de vida para quem busca ser “ageless”.