Topo
Ageless

Ageless

Categorias

Histórico

Tratamentos estéticos dão vida nova aos dentes envelhecidos

Silvia Ruiz

28/09/2018 04h00

Crédito: iStock

Uma das coisas que mais me davam aflição quando criança era dormir na casa da minha avó e acordar com um copo com dentadura ao lado da cama. Era tipo filme de terror. E eu só ficava imaginando que um dia isso iria acontecer comigo. Mas o medo foi bom porque nunca deixei de escovar os dentes.

A verdade é que hoje quem tem acesso a dentista não vai mesmo passar por isso. Ufa! Mas apesar de não ficar banguela, a gente não está imune ao envelhecimento dos dentes.

Acontece que a partir dos 40 anos a gente tem perda óssea e ocorre um desgaste natural dos dentes, principalmente os de trás. Isso provoca o que os dentistas chamam de perda da dimensão vertical do rosto. Aquele efeito que a gente vê nas pessoas mais velhas, do queixo projetado para a frente e os lábios entrando para dentro da boca. Os dentes também vão escurecendo e pode acontecer uma retração da gengiva. Socorro, né?

Antes e depois de paciente do Fábio Bibancos – Crédito: Divulgação

"É como um azulejo branco que, quando fica velho, vai perdendo a cor, ficando mais escurecido", diz o Fabio Bibancos, dentista especialista em ortodontia e considerado o favorito das celebridades pelo resultado natural de seus tratamentos estéticos dentários. O que podemos fazer? Uma coisa é certa, não adianta nada cuidar da pele, fazer botox, tratar do cabelo e estar com os dentes do Shrek. Nosso sorriso é parte da nossa beleza, mas também da nossa saúde!

Além dos cuidados básicos, como ir ao dentista pelo menos uma vez ao ano, é preciso ficar longe do cigarro (e se você fuma, deve ir ao seu odontologista a cada seis meses). E vinho e chocolate? "Eles fazem as pessoas felizes. Não precisa deixar de consumir, mas é importante ir ao dentista regularmente para fazer limpeza", diz Bibancos.

Alguns tratamentos estéticos podem fazer uma baita diferença e recuperar o sorriso perdido. O primeiro deles é o clareamento dentário. Mas nada de tentar fazer isso em casa e não use aquelas pastas de dente clareadoras. Esse é um trabalho para ser feito por dentistas. Bibancos alerta para um ponto importante: não queira clarear demais. "Você deve ir no máximo até a cor que tinha antes do escurecimento. O dente branco demais fica falso, ainda mais num rosto mais maduro."

Antes e depois de paciente do Fábio Bibancos – Crédito: Divulgação

Outra solução que pode funcionar para muitos casos são as famosas lentes de contato dentárias. São pequenas peças entre 0,2 a 0,5 milímetros de espessura e são colocadas sobre o esmalte com cola especial, dente por dente (embora o valor seja salgado, entre R$ 1800 e R$ 5000 por dente).  Se bem feito, o procedimento pode ficar incrível.

Mas é preciso muito bom senso, para não acabar com o sorriso "efeito Mentex".  O ator Alexandre Frota, o padre Marcelo Rossi e a apresentadora Adriane Galisteu, por exemplo, deram o que falar na internet por conta desse exagero no tamanho dos dentes e da cor ultra branca. E o procedimento tem que ser feito por profissionais muito competentes porque muitas vezes o processo é irreversível. A cantora Simaria, por exemplo, recentemente revelou que perdeu os dentes por conta de um procedimento desses mal feito.

"Tratamento dentário não é como ir ao cabeleireiro em busca de um look igual ao de uma famosa e que se não ficar bom depois você troca", diz o dentista. Ou seja, muito cuidado na hora de escolher o profissional que vai cuidar da sua boca.

Há casos ainda que exigem uma correção dos seus próprios dentes. E não pense que aparelho dentário é coisa de adolescente. Hoje em dia até idosos podem usar, desde que não tenham grandes perdas ósseas. Esse seria o meu caso, por exemplo, para arrumar um dentinho torto que eu tenho aqui. Mas e a coragem de encarar o sorriso metálico?

Sobre Autora

Silvia Ruiz é jornalista e trabalha com comunicação digital e PR. Durante mais de 15 anos atuou na cobertura de saúde, bem-estar e estilo de vida. É apaixonada por alimentação natural, meditação e práticas holísticas. Mãe do Tom, do Gabriel e da Myra, tem bem mais de 40 anos e está tentando aprender a viver bem na própria pele em qualquer idade.

Sobre o blog

O que é envelhecer hoje? Este é um espaço com informações para a geração que tem mais de 40 e não abre mão de viver uma vida plena e, principalmente, saudável, independentemente da idade. Aqui não falamos em “anti-aging”, e, sim, em “healthy aging”. Dicas de alimentação, beleza, atividade física, carreira e estilo de vida para quem busca ser “ageless”.